domingo, 1 de julho de 2012

Carta ao amor

Há 10 anos eu tinha certeza que iria te encontrar. Hoje, você parece mais plausível nos meus sonhos do que na realidade. Já estou quase certa de que sonhei esse tempo todo em vão.
Acho tão injusto quando vejo alguém que não conhece o seu significado te tratar como algo comum! E o pior: ETERNO!!  Será que as pessoas não sabem que você é passageiro? Que é um presente? Qué é como uma promoção com dia e hora pra acabar? 
Mas você merece uma bronca! Você aparece justamente para essas pessoas! Você é atraído pela beleza, pela sedução. Prefere tudo  o que é artificial. Depois você se decepciona e vai embora! 
Você é MAU!!! 
Ilude as pessoas e, quando elas não conseguem cuidar de você, você foge. Será que não percebe o quanto se machuca também? Não percebeu até hoje que as aparências enganam? 
Me disseram que para você gostar de mim, eu teria que ser diferente. Sendo assim, fiz de tudo: mudei meu comportamento, aprendi a abrir mão de coisas fúteis, aprendi a me cuidar mais, tenho mais paciência... enfim. 
Mudei tanto! E sempre te esperei. No começo, ficava só da janela do meu quarto, depois passei a te procurar nos lugares que frequentava e hoje, imagino você em cada olhar que se cruza com o meu. 
E até hoje... NADA!
Ocorre que, para tentar te agradar eu passei por tanta coisa ruim! Foram tantas vezes em que riram de mim na escola ou na casa dos meus avós!  Tantas vezes em que voltei para casa sozinha! Tantas vezes que me xingaram por eu ser diferente! Tantas vezes em que cheguei em casa e não tinha para quem contar os meus problemas! Tantas vezes em que deixei de viver situações corriqueiras por vergonha de mim! 
Tive medo, MEDO DE VIVER! 
E você? Onde estava? Nas baladas, nos parques, nos cantinhos dos colégios, no ônibus, na padaria, no hospital, no cemitério... EM TODOS OS LUGARES, MENOS PERTO DE MIM! 
E não venha me dizer que é mentira porque senão vai apanhar! Está em todos os lugares. T-O-D-O-S!!!!! Todos fazem questão de falar de você, de contar histórias! 
Ai... as histórias! As mais belas, divertidas, inusitadas! Você é conquistador, hein? Aliás, você é fácil! É o troféu que todo mundo gostaria de conquistar. E você gosta de ser exibido cada dia em uma estante diferente. Ah! E como! 
Fazendo assim, você me machucou. MUITO, MUITO... 
Precisei tanto do seu abraço, da sua palavra de conforto, de sair para dar risada, de ouvir que eu era especial e te fazia muito feliz! 
Precisei tanto que você me defendesse e impedisse que me xingassem ou caçoassem de mim! Precisei tanto te ligar ou receber uma ligação sua contando uma novidade ou falando de coisas comuns. Precisei que dissesse sua opinião para me ajudar a tomar uma decisão, mesmo que fosse para discordar. Acho que até de BRIGAR. com você eu precisei, sabia? 
Será que você estava junto deles, rindo de mim também? Deve ter achado graça de todos os constrangimentos pelos quais passei, injustamente!
As pessoas me consideram menos especial porque não consegui conquistar você. Talvez estejam certas... 
Mas não acho que não seja digna de ser respeitada, e disso eu não abro mão.
Quer saber de uma coisa? Você pode até ser o melhor do mundo, mas não é impossível viver sem você não, sabia? Cheguei até aqui sem conhecer sua cor, cheiro, gosto e... sobrevivi!
Consegui me tornar forte e me sentir capaz de seguir em frente! Não nego sua existência, mas para despertar meu interesse novamente vai ter que apresentar bons argumentos e me conquistar!
FUI!

Um comentário:

  1. Muito legal esta postagem. Parabéns!

    A Internet brasileira precisa muito de conteúdos interessantes, divertidos e positivos como estes que você está criando.

    Convido você a conhecer também o novo agregador Pop Blogs:
    http://www.popblogs.net

    Confira o melhor conteúdo da Internet, aproveite para divulgar suas postagens todos os dias sem fila de espera, tenha seus links publicados em nosso site, Facebook, Twitter, concorra a prêmios na Promoção Parceria Premiada e aumente exponencialmente as visitas e o sucesso de seu blog.

    ResponderExcluir